Conheça tudo sobre a Diabetes Tipo 2

diabetes

O que é Diabetes Mellitus Tipo 2?

A diabetes tipo 2 é uma doença crônica que faz com que o corpo tenha problemas ao metabolizar a glicose, sua principal fonte de energia. O paciente com o quadro pode ter resistência aos efeitos da insulina ou simplesmente não produzir insulina o suficiente para manter um nível de glicose normal.

Ao contrário da diabetes tipo 1, a diabetes tipo 2 não extingue a produção de insulina. No entanto, o corpo cria uma resistência à ela, não a utilizando corretamente. Em alguns casos, o paciente também pode não produzir quantidades de insulina o suficiente para seu corpo. Em ambos os casos, a insulina insuficiente não consegue carregar todo o açúcar para dentro das células, se acumulando no sangue.

Se não tratada, a diabetes tipo 2 pode ser fatal. Apesar de ser uma condição médica grave, o tratamento correto e a mudança de hábitos podem controlar os sintomas.

Quais as Causas da Diabetes Tipo 2?

causas da diabetes tipo 2

As principais causas da diabetes tipo 2 são relacionadas à má alimentação, ao sedentarismo e ao tabagismo. Os maus hábitos podem levar a um quadro grave da doença. Em certos casos, pode haver uma influência hereditária.

Com a doença, o organismo tem níveis insuficientes de insulina, além da má assimilação do hormônio pelas células do corpo. Dessa forma, os níveis de açúcar no sangue ficam elevados. Os desequilíbrios surgem devido ao fato de que as células de gordura dos músculos e do fígado já não respondem mais à insulina da forma correta.

Fatores de Risco:

Qualquer pessoa pode acabar desenvolvendo a doença. No entanto, algumas condições podem aumentar o risco:

  • Obesidade e sobrepeso;
  • Idade acima de 45 anos;
  • Histórico familiar;
  • Casos de diabetes na gestação anteriormente;
  • Sedentarismo;
  • Pré-diabetes;
  • Hipertensão;
  • Baixos níveis de colesterol bom;
  • Consumo elevado de álcool;
  • Altos níveis de triglicerídeos.

Sintomas:

diabetes tipo 2 sintomas

É comum que a doença não apresente sintomas por muitos anos. A diabetes tipo 2 se desenvolve lentamente, e os seus primeiros sinais podem ser:

  • Feridas que demoram para cicatrizar;
  • Visão embaçada;
  • Infecções frequentes;
  • Cansaço extremo;
  • Perda de peso;
  • Fome e sede constantes;
  • Frequência ao urinar;
  • Formigamento nos pés e furúnculos;
  • Dores de cabeça;
  • Disfunção erétil;
  • Manchas escuras na pele, especialmente no pescoço, nas axilas e na virilha.

O que posso Comer quando tenho Diabetes Tipo 2?

diabetes tipo 2 o que comer

Os pacientes com diabetes tipo 2 devem ter um cuidado extremo na alimentação, dando atenção especial ao índice glicêmico do que consome. Alimentos com baixo índice glicêmico devem ser incluídos nas refeições, porque são absorvidos mais lentamente pelo organismo e ajudam a controlar o nível de açúcar no sangue. O cardápio deve ser rico em fibras e com baixo teor de gordura. Devem ser rigorosamente limitados os açúcares dos doces e carboidratos simples.

Procure ajuda de um médico ou nutricionista para montar um cardápio completo, com todas as especificidades necessárias de acordo com suas preferências e seu estilo de vida. Normalmente é necessária uma reeducação alimentar.

Ler os rótulos dos produtos antes de consumi-los também é de suma importância. O açúcar pode aparecer escondido sob a forma de glicose, xarope de glicose, xarope de milho, frutose, maltodextrina, maltose ou açúcar invertido. Preste bastante atenção.

Alimentos Permitidos para quem tem Diabetes Tipo 2:

  • Carnes em geral (exceto as processadas como presunto, peito de peru, salsicha, salame, mortadela, bacon e linguiça);
  • Legumes em geral (exceto batata, batata-doce, mandioca e inhame, porque contêm um número elevado de carboidratos. No entanto, podem ser consumidos em pequenas porções);
  • Leguminosas como feijão, soja, grão-de-bico, lentilha e ervilha;
  • Grãos integrais como farinha de trigo, arroz integral, macarrão integral, aveia e pipoca;
  • Frutas em geral (deve ser consumida apenas 1 unidade por vez);
  • Gorduras boas como abacate, coco, azeite, óleo de coco e manteiga;
  • Leite e derivados (contanto que não tenham adição de açúcar);
  • Oleaginosas como castanhas, amendoim, avelãs, nozes e amêndoas.

Frutas:

As frutas são ricas em frutose, um açúcar natural. Por isso, não são proibidas, mas devem ser consumidas em pequenas quantidades pelos portadores de diabetes tipo 2. Evite consumir as frutas com outros alimentos ricos em carboidratos, como arroz branco, pães, doces e tapioca. A recomendação geral para quantidades é de:

  • 1 unidade média de frutas inteiras (maçã, banana, laranja, tangerina e pera);
  • 1 mão cheia de frutas pequenas, cerca de 8 unidades (uvas, cerejas, framboesas);
  • 2 fatias finas de frutas grandes (melancia, melão, mamão, abacaxi);
  • 1 colher de sopa de frutas secas (uva passa, ameixa e damasco).

Alimentos Proibidos para quem tem Diabetes Tipo 2:

  • Açúcar e doces em geral;
  • Doces em geral, incluindo chocolates e guloseimas;
  • Mel, geleia de frutas, compotas, marmelada, produtos de confeitaria e pastelaria;
  • Bebida alcoólicas;
  • Bebidas açucaradas, como refrigerantes, sucos industrializados e achocolatados.

Fontes:

https://www.ingentaconnect.com/content/doaj/14155273/2002/00000015/00000001/art00007

https://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/21036

https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/farmacia/diabetes-mellitus-do-tipo-2-sindrome-metabolica-e-modificacao-no-estilo-de-vida/5499

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *